Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Igualdade ou nem tanto

por Hugo Sampaio, em 08.03.15

O Dia da Mulher deixa-me sempre bastante dividido, por um lado é uma data histórica a celebrar marcado pelas lutas feministas e da igualdade, por outro deixa-me a pensar que a existência do Dia da Mulher é a prova que ainda há um grande caminho a percorrer na luta contra as desigualdades pois, se assim não fosse, não seria necessário um dia para as pessoas se lembrarem da existência da Mulher.

Não nos deixemos ceder à celebração comercial que retira todo o significado deste dia, deve ser sim mais um dia de reflexão sobre todas as lutas feministas e suas conquistas ao longo da história, deve ser um dia de lembrar todas as vitimas de violência doméstica e de refletir sobre as desigualdades a que assistimos todos os dias.

 

 

P.S. -> amanhã também é um bom dia para celebrar e para lutar contra a opressão da mulher e contra a estrutura patriarcal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:17

Ainda temos de pensar em Feminismo?

por Hugo Sampaio, em 14.11.13
Faz sentido nos dias de hoje debater o Feminismo?A questão surgiu-me quando ouvi uma criança com toda a naturalidade e espontaneidade chamar o pai e, com uma grande admiração dizer: "Pai, olha uma senhora num camião". Foi um pequeno momento que me levou no pensamento, foi um pequeno momento em que pensei se já teremos tanta igualdade como seria de esperar.Para mim faz todo o sentido o debate, e fará sempre enquanto a verdadeira igualdade não for alcançada, enquanto ainda nos questionarmos, enquanto no médio oriente existir opressão, enquanto existirem burcas, apedrejamentos e proibições. Faz falta debater o feminismo nas escolas, faz falta mudar mentalidades e é nos primeiros anos que isso deve ser feito, com toda a normalidade.Não vejo a questão resolvida com criação de legislação que providencie direitos ás mulheres, é algo maior, é uma questão cultural. O próprio facto de ser necessário algum tipo de leis ou estudos e tabelas revela que ainda há um grande caminho a percorrer até não ser necessário falar nem pensar nem legislar, até ser algo que nos saia naturalmente, até ninguém mais se sentir inferior. Até nenhuma criancinha ficar admirada por ver uma mulher camionista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17


Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D