Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais verde? Para mim é vermelho, obrigado!!!

por Hugo Sampaio, em 27.11.13
bandeira 

Não posso concordar com mais verde na bandeira porque não desejo conquistar território e não é este um momento de esperança. A esperança deveria ser a nossa expectativa de um dia melhor, deveria ser um desejo intenso pela prosperidade. A esperança deveria ser a nossa confiança no governo para que nos liderasse e nos levasse para um melhor futuro. Mas um amanhã melhor não se constrói com a redução salarial e com aumento de impostos, a felicidade e a prosperidade não se constroem com cortes em reformas e precarização do trabalho.

As perspectivas de futuro morreram com a esperança e levaram os sorrisos no bolso. Por tudo isto defendo o fim do verde na bandeira preenchendo tudo com vermelho. Ainda falta correr muito sangue neste país.

(Em caso de dúvida: SIM, estou a apelar à violência)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:34

O que foi voltará a ser?

por Hugo Sampaio, em 24.11.13
Mário Soares foi com toda a certeza uma figura importante na construção do estado que hoje temos, com decisões correctas e outras erradas mas foi uma figura importante e com o seu valor. Hoje parece que tem de assumir um espaço e uma intervenção política que devia ser assegurada por um PS que não existe, por um PS perdido ali algures entre a falta de liderança de Seguro e o desejo receoso de ser presidente de António Costa.
Resta-nos um "velho" que muito tem a ensinar aos jovens e um perigoso esquerdista como Pacheco Pereira. Entre estes lutaremos com mais ou menos pedidos de violência mas sempre com a ideia de derrotar estas perigosas políticas austeras e liberais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:23

B Fachada - contramão

por Hugo Sampaio, em 19.11.13
http://www.youtube.com/watch?v=yItHp-52fxU

só para matar as saudades de um dos mais talentosos portugueses do momento. Esperamos por ti Bernardo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

Ainda temos de pensar em Feminismo?

por Hugo Sampaio, em 14.11.13
Faz sentido nos dias de hoje debater o Feminismo?A questão surgiu-me quando ouvi uma criança com toda a naturalidade e espontaneidade chamar o pai e, com uma grande admiração dizer: "Pai, olha uma senhora num camião". Foi um pequeno momento que me levou no pensamento, foi um pequeno momento em que pensei se já teremos tanta igualdade como seria de esperar.Para mim faz todo o sentido o debate, e fará sempre enquanto a verdadeira igualdade não for alcançada, enquanto ainda nos questionarmos, enquanto no médio oriente existir opressão, enquanto existirem burcas, apedrejamentos e proibições. Faz falta debater o feminismo nas escolas, faz falta mudar mentalidades e é nos primeiros anos que isso deve ser feito, com toda a normalidade.Não vejo a questão resolvida com criação de legislação que providencie direitos ás mulheres, é algo maior, é uma questão cultural. O próprio facto de ser necessário algum tipo de leis ou estudos e tabelas revela que ainda há um grande caminho a percorrer até não ser necessário falar nem pensar nem legislar, até ser algo que nos saia naturalmente, até ninguém mais se sentir inferior. Até nenhuma criancinha ficar admirada por ver uma mulher camionista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17

Será a OIT a Kriptonite da austeridade?

por Hugo Sampaio, em 04.11.13
O director da OIT foi entrevistado pela TSF e faz algumas declarações que são nada mais nada menos o que a esquerda tem vindo a dizer. Se não fosse o director da OIT a proferir tais palavras e quem as disse já teria sido apelidado de esquerdista e de utópico ou até de usar sempre a mesma cassete. Mas, o que este senhor diz é nada mais do que a verdade.http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3513960&tag=OIT&page=-1

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:13


Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D