Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Paulo Macedo és um doce

por Hugo Sampaio, em 21.03.15

A degradação continua. Semana após semana este (des)governo dá voltas e voltas, desdobra-se de mil maneiras arranjando sempre forma de destruir mais e mais o serviço nacional de saúde. Pode sim poupar muitos euros e até conseguir equilibrar em certo ponto as contas mas, o mais importante no serviço nacional de saúde, as vidas, são deixadas ao esquecimento.

Organizar desorganizando e reestruturar destruindo são os lemas do ministro Paulo Macedo.

Só em três anos este magnifico ministro consegue a espetacular proeza de ter o mais baixo financiamento para o serviço nacional de saúde e os maiores cortes na contratação de médicos, enfermeiros e técnicos, a maior redução de horas extraordinárias, o maior número de serviços encerrados, a maior redução nas equipas escaladas para as urgências, o maior corte nos meios de emergência e a maior redução no horário de

funcionamento dos centros de saúde.

Com falta de financiamento e falta de pessoal é impossivel um serviço funcionar.

Esta destruição do SNS é uma agenda politica marcada pelo interesse da entrega da saude aos privados.

Primeiro degradar e destruir para que os outros, os privados, sejam vistos como o serviço que realmente funciona e depois entregar a saúde à finança a quem o estado entregará dinheiro para fazerem um serviço que o estado já fez tão bem, engordando os grupos económicos onde os ministros encontraram cadeira após o seu mandato.

Esta é uma das heranças do ministro Paulo Macedo--> https://www.facebook.com/video.php?v=1576119599323704&fref=nf

 

 

PS: Querido SNS, as eleições estão próximas tenta aguentar as máquinas ligadas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:27



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D