Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Era só uma cruz (depois veio a bola)

por Hugo Sampaio, em 06.09.15

Já cheira a campanha, um pequenino mês separa-nos do dia de todas as escolhas.

É com uma pequenina cruz que se pode fazer a grande diferença. 

Podemos fechar os olhos por um breve momento e imaginar uma assembleia da republica diferente, podemos até imaginar a coligação PaF reduzida a um pequeno punhado de deputados, podemos tudo que quisermos.

Muitas vezes tento imaginar um governo que não ceda aos interesses e se deixe de, por exemplo, entregar 8 mil milhões em ajustes directos. Fecho os olhos e imagino um governo que deixe de destruir empregos, que deixe de asfixiar os portugueses e de destruir o estado.

Tudo é possível com uma cruz no devido quadrado. 

Não, não temos mais que aguentar com um governo de direita nem temos que ficar presos aos mesmos do costume, não somos reféns dos destruidores do estado, não somos reféns da finança nem dos lobbies e do amiguismo, não temos que continuar reféns porque "eles" não são "donos disto tudo".  

É a hora de romper com quem nos trouxe até aqui, não temos que aceitar mais liberalizações nos despedimentos nem mais ataques ás pensões da segurança social.

Fecho mais um pouco os olhos e imagino as possibilidades de nos vermos livres das amarras que nos prendem há 40 anos. (Depois percebo que há futebol no dia de eleições)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:17



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D