Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cunhal, o esquecido

por Hugo Sampaio, em 13.06.15

Passam dez anos desde o dia que Portugal se vestiu de vermelho no adeus a Cunhal e talvez por distracção minha não terei reparado em qualquer noticia nos telejornais. Prefiro pensar que foi só desatenção, não quero sequer pensar que os meios de comunicação se tenham esquecido de relembrar a partida deste camarada principalmente nesta altura em que vivemos assaltados por uma direita cega de ideologia criminosa.

Cunhal foi sem dúvida dos portugueses que mais deram da sua vida na luta contra o fascismo e pelos direitos das classes mais pobres e dos trabalhadores, foi perseguido, foi agredido, foi preso e agora por muito esquecido.

 

É hora de pensar, de agradecer, de lembrar Cunhal e a sua força na luta. Até sempre camarada, nunca serás esquecido por aqueles que estão na rua sempre que a rua nos chama. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D